“Esquecimentos” na meia-idade são preocupantes?

Investigadores do Douglas Brain Imaging Centre, na McGill University, em Montreal, no Canadá, observaram que durante uma tarefa de memória, a activação do córtex visual foi maior em adultos jovens em comparação com adultos de meia-idade e idosos. Por outro lado, em adultos de meia-idade e idosos, a activação era maior no córtex pré-frontal.

"Quando se encontra alguém pela primeira vez, é provável que os adultos jovens prestem mais atenção onde e quando eles encontraram essa pessoa, e assim conseguem lembrar-se melhor dessa informação", refere a investigadora principal Natasha Rajah.

"Os adultos de meia-idade e idosos, no entanto, focam mais a atenção na relevância social e emocional da pessoa que encontraram – se ela foi agradável, se os fez lembrar de outra pessoa que conhecem e assim por diante – e essa alteração no foco da atenção tem impacto negativo
 na capacidade de lembrar-se de características mais objectivas", acrescentou Natasha.

Ankudowich E, Pasvanis S, Rajah MN. Changes in the modulation of brain activity during context encoding vs. context retrieval across the adult lifespan.

Neuroimage. 2016 Jun 14;139:103-113.