Os electrochoques são úteis no tratamento da depressão e da esquizofrenia?

Num grande estudo retrospectivo apresentado no Congresso Anual de 2016 da American Psychiatric Association (APA), a ECT alcançou índices de resposta de 76,7% e uma taxa de 9% de efeitos adversos cognitivos.

"A ECT é eficaz para o tratamento de urgência da esquizofrenia. Constatamos que três quartos dos pacientes respondem a esse tratamento e, surpreendentemente, o tratamento esteve associado a pouquíssimo comprometimento cognitivo", informou o Dr. Tyler Kaster, um dos médicos investigadores da Universidade de Toronto, Canadá.

American Psychiatric Association (APA) 2016 Annual Meeting: Poster 56, apresentado em 14 de Maio de 2016.